Matéria publicada em 25/01/2016 às 10:11:51

Matéria: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil de Rondônia • Fonte: ASCOM/PCRO

Vilhena: Polícia Civil conclui investigação de chacina na zona rural. Crime ocorreu em outubro de 2015.

Vilhena: Polícia Civil conclui investigação de chacina na zona rural. Crime ocorreu em outubro de 2015.

Em 17 de outubro de 2015 cinco pessoas foram encontradas mortas na zona rural de Vilhena. Segundo o apurado a motivação criminosa foi decorrente de conflito agrário. O crime ocorreu logo depois da propriedade rural ter passado por uma reintegração de posse.

 

Homens armados chegaram atirando e em seguida colocaram fogo na casa onde quatro vítimas se abrigaram. Estas acabaram mortas carbonizadas. Um corpo foi localizado na mata. A sexta vítima sobreviveu, mesmo alvejada, totalizando cinco homicídios consumados e um homicídio tentado.

 

As diligências desenvolvidas indicaram a participação de cinco suspeitos, dos quais dois foram presos e os outros três continuam foragidos. Todos foram indiciados.

 

Com provas acerca do ocorrido a Polícia Civil representou ao Poder Judiciário pelas prisões dos envolvidos. Algumas prisões foram solicitadas e decretadas durante a própria investigação, outras no relatório final do inquérito policial que foi concluído em 03 de dezembro de 2015.

 

No dia 28 de outubro foi preso Eber Maciel da Costa. Em 16 de dezembro foi preso Edson Marcelino da Silva. Os outros investigados e indiciados são Ilario Daneli, Enilton Procópio e Marlos de Souza Cândido, os quais se encontram foragidos.

 

“Até o momento tentamos localizar os investigados visando cumprir as prisões. Não revelamos a conclusão da investigação, nem cada prisão realizada, pois poderia atrapalhar. A partir deste momento acreditamos que a população possa colaborar denunciando o paradeiro dos três que estão foragidos pelo disque denúncia”, informou o Delegado Regional de Polícia, Fábio Campos.

 

Durante as investigações a Polícia Civil conseguiu imagens de dois dos três foragidos, Enilton e Ilario, e as divulga com objetivo de que sejam presos e colocados à disposição da justiça.

 

 

A população pode informar o paradeiro dos foragidos através do Disque Denúncia pelo telefone 197 (gratuito), e-mail 197@pc.ro.gov.br, bem como pelo celular (69) 8418-7820 (whatsapp e telegram). Não é necessário se identificar.

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

06/11/2018 • JARU: Idoso é encontrado morto pelo filho em queimada de pasto na zona rural de Tarilândia 06/11/2018 • PF deflagra operação em Rondônia para combater divulgação de pornografia infantil na internet 06/11/2018 • Bando que roubava, adulterava e vendia motos pela internet é preso em Porto Velho 20/10/2018 • SAÚDE: Senar atende comunidade ribeirinha do Baixo Madeira no Distrito de São Carlos 20/10/2018 • Medico pioneiro em Ariquemes morre afogado em rio na região de machadinho 12/10/2018 • Jean Mendonça perde vaga de deputado e abre cargo para Geraldo da Rondônia 01/10/2018 • Van capota ao ser atingida por carro de passeio no centro de Porto Velho 01/10/2018 • Debate na TV Rondônia reúne seis candidatos nesta terça-feira; veja todas as regras 01/10/2018 • Jaru: Justiça atualiza multa de Amauri dos Muletas para R$ 375 mil em processo de fraude em licitação da saúde 01/10/2018 • Zaltana pescados na maior feira de negócios da América Latina

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais