Matéria publicada em 04/05/2016 às 00:40:39

Fonte: G1

Porto Velho: Polícia Civil prende dois investigados de invadir casa para assaltar. O fato resultou na morte do terceiro envolvido pela reação da vítima em legítima defesa.‏

Porto Velho: Polícia Civil prende dois investigados de invadir casa para assaltar. O fato resultou na morte do terceiro envolvido pela reação da vítima em legítima defesa. Nesta terça-feira, 03.05, a Polícia Civil em Porto Velho, através da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, efetuou a prisão preventiva de dois supostos envolvidos em tentativa de roubo em residência, ocorrida em 11.04. 16, por volta das 20h00, na região central da cidade, quando o terceiro infrator foi alvejado pela vítima e faleceu no local. Após semanas de investigação, diversas diligências e coleta de provas consistentes, a Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio identificou os envolvidos e representou pelas prisões, que foram deferidas pelo Judiciário, e nesta data se deu cumprimento á ordem judicial. Foram presos Alexandre Gonçalves Lima Alves (27 anos) e Adriano Soares Campos (34 anos), os quais segundo a investigação, juntamente com o suposto infrator conhecido apenas como “Nego Léo”, surpreenderam duas vítimas em sua residência e anunciaram o roubo, exigindo dinheiro e joias. Contudo, a vítima M.F.M.J. (70 anos) teria reagido e trocou tiros, alvejando o suposto infrator “Nego Léo”, o qual faleceu no local. A vítima M.F.M.J. sofreu três disparos. Neste momento os outros dois infratores fugiram do local e a vítima posteriormente foi socorrida ao hospital. Conforme apurado, os supostos infratores estavam com duas armas, sendo uma pistola calibre 9 mm e um revólver calibre 38. “Não há duvidas sobre a participação da dupla. Alexandre já confessou a participação no crime, enquanto Adriano informou que se manifestará em juízo”, disse o Delegado de Polícia, Dr. José Marcos R. Farias. Os investigados responderão pelo crime de latrocínio, uma vez que iniciada a execução do crime de roubo adveio o resultado morte (de um dos próprios supostos infratores), podendo ser condenados em até 30 anos de reclusão.
Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

14/03/2018 • Secretaria de Obras reforça parceria para EXPOVALE 14/03/2018 • Patrulha Alfa do 7º BPM apreende armas e adolescentes 14/03/2018 • Homem com revólver é detido por policiais militares do 7º BPM 14/03/2018 • Atletas da Escolinha de Futebol Capitão são selecionados para clube em Minas Gerais 10/03/2018 • Praça Quero-Quero recebe projeto “Na praça com saúde”. 10/03/2018 • Escolhidas as 10 candidatas que vão disputar o título de Rainha da Expoari 09/03/2018 • Polícia Militar Mirim do 7º BPM inicia as atividades 09/03/2018 • Artigo: Por: Maracelia Lima de Oliveira Vice-Presidente da OAB/RO 07/03/2018 • Patrulha Charlie do 7º BPM recupera moto e detém suspeitos 07/03/2018 • Sebrae e ACIA unem esforços para desenvolver economia

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais