Matéria publicada em 06/05/2016 às 23:25:05

Fonte: Polícia Federal

Operação Olhos de Diamante combate garimpo em terras indígenas em RO

Guajará-Mirim/RO- A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (5/5) a Operação Olhos de Diamante, para investigar uma organização criminosa especializada na extração mineral ilegal de pedras preciosas em terras indígenas, na região do Rio Pacaás Novos, no município de Guajará-Mirim. De acordo com as investigações, o garimpo ilegal era também financiado por traficantes de drogas. 

Policiais federais deram cumprimento a mandados de prisão preventiva e a mandados de busca e apreensão, em desfavor dos envolvidos. 

Investigações identificaram a participação de garimpeiros e indígenas no esquema criminoso, os quais valiam-se da distância, dificuldade de acesso à região e influência destes em alguns órgãos públicos para continuidade das práticas ilícitas. 

Também são investigados crimes ambientais em áreas de preservação e integrantes de quadrilha de tráfico internacional de drogas – também investigados no âmbito da Operação Alpargatas, deflagrada hoje pela PF, em Rondônia. Foi apurado que o grupo utilizava lucros obtidos no comércio de cocaína para financiar o garimpo ilegal. 

A Polícia Federal, em parceria com o IBAMA e Exército brasileiro, realizou duas incursões aéreas em 2015, ao longo do leito do Rio Pacaás Novos, objetivando interromper o garimpo ilegal de pedras preciosas no local e prevenir outros crimes ambientais. 

Os presos responderão por crimes ambientais, de organização criminosa e de usurpação de patrimônio da União, perante a Justiça Federal. Após procedimentos de praxe, serão encaminhados à Casa de Detenção de Guajará-Mirim/RO.


Fonte:Polícia Federal

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

06/11/2018 • JARU: Idoso é encontrado morto pelo filho em queimada de pasto na zona rural de Tarilândia 06/11/2018 • PF deflagra operação em Rondônia para combater divulgação de pornografia infantil na internet 06/11/2018 • Bando que roubava, adulterava e vendia motos pela internet é preso em Porto Velho 20/10/2018 • SAÚDE: Senar atende comunidade ribeirinha do Baixo Madeira no Distrito de São Carlos 20/10/2018 • Medico pioneiro em Ariquemes morre afogado em rio na região de machadinho 12/10/2018 • Jean Mendonça perde vaga de deputado e abre cargo para Geraldo da Rondônia 01/10/2018 • Van capota ao ser atingida por carro de passeio no centro de Porto Velho 01/10/2018 • Debate na TV Rondônia reúne seis candidatos nesta terça-feira; veja todas as regras 01/10/2018 • Jaru: Justiça atualiza multa de Amauri dos Muletas para R$ 375 mil em processo de fraude em licitação da saúde 01/10/2018 • Zaltana pescados na maior feira de negócios da América Latina

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais