Matéria publicada em 04/01/2016 às 22:12:12

Fonte: Fonte:Assessoria

Nota Pública de Apoio e Desagravo à Promotora de Justiça Priscila Matzenbacher Tibes Machado

A Associação dos Membros do Ministério Público de Rondônia - Ampro, em nome dos seus associados, vem a público externar seu apoio à Promotora de Justiça Priscila Matzenbacher Tibes Machado, diante de ato desrespeitoso perpetrado contra ela e ofensivo ao livre exercício de sua função e às suas prerrogativas.

Em atuação serena, responsável e comprometida unicamente com o interesse público, notadamente, da população de Ariquemes, a referida Promotora de Justiça atuou para que fossem rigorosamente cumpridas a legislação brasileira e as normas técnicas de saúde, e expediu a Recomendação n. 03/2015 - PJA - 2a TIT - 1a. PJ, acatada pelo Governo do Estado, através de sua Secretaria Estadual de Saúde, que rescindiu o Contrato n. 051/PGE-2010, firmado com clinica particular de Ariquemes, que tinha por objeto a disponibilização de vagas de UTI neo-natal, o que gerou insatisfação em interesses privados.

Ao observar a notificação recomendatória, o Poder Executivo estadual, demonstrando elevado respeito às funções ministeriais, ratificou a existência de supostas irregularidades na execução do mencionado contrato e, assim, também, confirmou a lisura do trabalho feito pelo Ministério Público, através da Promotora de Justiça Priscila Matzenbacher Tibes Machado, que sempre se demonstrou zelosa e extremamente competente durante o exercício de suas atribuições.

Os Membros do Ministério Público de Rondônia repelem atitudes ou comportamentos que tenham a conotação de intimidar ou agredir a sua independência funcional e que sejam contrários ao tratamento cordial, urbano e respeitoso; esperam, outrossim, que eventuais divergências jurídicas sejam discutidas no bojo de procedimentos administrativos e judiciais, observado sempre o devido processo legal e seus corolários.

Reafirmamos o nosso compromisso com a sociedade, com a ordem jurídica e com o regime democrático. Buscamos sempre relação harmoniosa e de colaboração recíproca com todos os Poderes Públicos e segmentos da sociedade, tudo, sem prejuízo da intransigente defesas das prerrogativas, dos direitos e garantias dos promotores e procuradores de justiça.

Porto Velho, 3 de janeiro de 2016.

Alexandre Jésus de Queiroz Santiago
Presidente da AMPRO


Fonte:Assessoria

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

21/06/2019 • Polícia identifica adolescente autor de mensagem prometendo atentado no Colégio Sapiens 21/06/2019 • Polícia identifica adolescente autor de mensagem prometendo atentado no Colégio Sapiens 21/06/2019 • Valentão é preso após espancar a esposa que estava na Marcha para Jesus 04/05/2019 • Mais de mil casos de malária já foram registrados em Rondônia neste ano 04/05/2019 • Trabalhador reage a assalto e acaba sendo morto na zona leste da Capital 24/04/2019 • PRIMEIROS ATENDIMENTOS: 17ª CIA INF SL presta socorro à vítima de acidente na BR-364 24/04/2019 • TRANSPORTE FLUVIAL: Parecer da PGM é pelo cancelamento do processo licitatório 24/04/2019 • Ex-deputado Nereu demonstra que não participou de esquema e é absolvido no processo da operação dominó 24/04/2019 • Folha paralela: Tribunal de Justiça absolve 7, reduz pena, mas já decidiu pela prisão de 15 ex-deputados estaduais da Redação 23/04/2019 • 7° BPM realiza reuniões preparatórias para reintegrações de posse

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais