Matéria publicada em 22/09/2020 às 19:30:23

Fonte: focoemnoticia

MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA PREFEITO E MAIS CINCO VEREADORES QUE PODEM NÃO DISPUTAR ELEIÇÕES

Ministério Público de Machadinho entra com Ação de inelegibilidade e abuso de poder contra o Prefeito e mais 5 vereadores, que poderão ficar de fora das eleições.
A Promotoria de Justiça de Machadinho, representada pela Dra Naiara Ames de Castro Lazzari ajuizou anteontem (19) uma Ação (0600091-26.2020.6.22.0032) pedindo a inelegibilidade e condenação por abuso de poder politico ou econômico contra o prefeito Leomar Patrício (SDD) e os vereadores Reginaldo do Esporte (PTB), Enocz Dionisio (PP), Baiano do Rodeio (PTB), Clemente Batista (PT) e Nilton Cézar (MDB).
O Ministério Público afirma na denuncia que foi aprovada pela Câmara e sancionada pelo prefeito a Lei Municipal n. 2.042/2020, que “Institui sobre descontosno Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU e dá outras providências”, bem como do teor do Decreto Municipal n.3.556/2020, que “Regulamenta o artigo 1o da Lei Municipal 2.042, de 19 de agosto de 2020, que dispõe sobre descontosno Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU e dá outras providências”. O Projeto de Lei n. 071 de 2020 foi aprovado na 945a Sessão Ordinária realizada em 17.08.2020.
Segundo consta na denúncia Anteriormente ao envio, aprovação e sanção da referida Lei Municipal, bem como da edição do decreto legislativo, o Ministério Público Eleitoral já havia encaminhado a Recomendação Eleitoral n. 002/2020(Procedimento Administrativo n. 2020001010008838) (anexa), alertando os agentes públicos acerca das condutas vedadas, com menção expressa ao art. 73 da Lei n. 9.504/97 e necessidade de fixação de critérios objetivos a eventuais benefícios concedidos, dentre outras constantes no documento. Não obstante o envio da Recomendação, consoante informado, o Chefe do Executivo e pré-candidato Eliomar Patrício encaminhou a mensagem e o projeto de lei tendo os vereadores Nilton Cezar Tosta Xavier, Clemente Alves Batista, Eliseu dos Santos Oliveira, Enocz Dionisio e Reginaldo Marques Silva aprovaram a concessão de benefício fiscal consistente em desconto de 30% (trinta por cento) no valor do IPTU do ano de 2020, sob pretexto genérico de ser medida diretamente vinculada à pandemia, conforme art. 1o, §1o, da Lei Municipal n. 2.042/2020: “Tal desconto será concedido devido à calamidade pública decorrente da pandemia do novo coronavírus (covid-19)”.
Ainda segundo o MP, esse projeto configura desvio de finalidade e abuso eleitoral tendente a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos
no pleito eleitoral.
Um trecho da denúncia diz: “Dessa forma, no entendimento do Ministério Público Eleitoral em atuação na 32aZE, trata-se de conduta que deve ser veementemente repelida, a fim de assegurar a igualdade de oportunidades entre os candidatos, bem como a lisura do pleito vindouro”.
Alem de pedir ao judiciário a suspenção imediata da referida lei, a promotora pede que seja julgada procedente a presente Representação Eleitoral para que seja reconhecida a conduta vedada prevista no art. 73, §10o, da Lei n. 9.504/97, sendo os representados condenados ao pagamento de multa, à cassação do registro ou do diploma, nos moldes do art. 73, §§ 4o e 5o, da Lei n. 9.507/97.

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

10/04/2021 • Comerciante de 67 anos morre após ser espancado durante assalto em Porto Velho 10/04/2021 • Nova Portaria do Governo mantém os 52 municípios do Estado na Fase 1 10/04/2021 • 1º Trimestre: PMRO apreende quase 100 quilos de drogas e desarticula 24 pontos de vendas de drogas na região do Vale do Jamari 10/04/2021 • Ariquemes: Homem armado ameaçava morador e é preso pela PMRO 10/04/2021 • PMRO flagra homem vendendo droga em Ariquemes 07/04/2021 • Pai morre e filho fica em estado grave em acidente na BR-364 no trecho de Ouro Preto do Oeste-RO 03/04/2021 • Jaru: Ambulância capota e fica destruída em acidente na linha 630 em Tarilândia 03/04/2021 • Forças de segurança começam a receber vacinas em Porto Velho 03/04/2021 • Motoboy morre após bater em poste durante entrega de pizza em Ariquemes, RO 30/03/2021 • Deputado Anderson sugere a compensação do auxílio transporte para servidores que estejam realizando seu trabalho em “Home Office”

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais