Matéria publicada em 01/02/2021 às 12:23:10

Fonte: rondoniaovivo

IMUNIZAÇÃO: Cerca de 15 mil pessoas já foram vacinadas contra covid-19 em Rondônia

O Governo do Estado de Rondônia recebeu do Ministério da Saúde (MS) 70.408 doses de vacina contra a Covid-19, destas, 13 mil da AstraZeneca, parceria da Universidade de Oxford com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). As demais doses são da CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac com a coparticipação do Instituto Butantan.
 
As primeiras remessas de vacinas enviadas ao Estado de Rondônia são para imunizar os trabalhadores da Saúde que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus. Seguindo a mesma linha do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, idosos residentes em casa de repouso, acima de 60 anos; pessoas com idade a partir de 18 anos, com necessidades especiais, que moram em instituições; povos indígenas aldeados e os profissionais que atuam com eles.
 
VACINADOS
 
Os dados de vacinação estão sendo adicionados à plataforma Painel Covid-19, diretamente pelos municípios, de forma dinâmica. As informações são atualizadas em tempo real. Até o momento, 13.888 pessoas do grupos prioritários já foram vacinadas, sendo 13.420 profissionais da Saúde, 130 idosos institucionalizados e 338 indígenas aldeados. Na página, é possível para acompanhar os índices dos grupos prioritários vacinados de cada município.
 
COMPOSIÇÃO DAS VACINAS
 
A CoronaVac é composta pelo vírus inativado que estimula reações do sistema de defesa, que passa a criar anticorpos. O esquema de vacinação exige que a vacina seja aplicada em duas dosagens, com intervalos de 14 e 28 dias. Em Rondônia, o intervalo adotado será 28 dias para quem tomou a primeira dose. “É intramuscular a via de administração e o tempo de validade, após a ampola aberta, é de 8h, com eficácia em torno de 50%”, explica a enfermeira da Coordenação Estadual de Vacinação, da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), Eliza Silva Ferraz.
 
Já a vacina AstraZeneca é um produto de recombinante, que utiliza dois tipos de vírus, um genético e outro para ser alterado geneticamente a fim de ser multiplicado e produzir anticorpos quando administrada a vacina. “O intervalo de vacinação do imunizante é de 90 dias, ou seja, três meses após a primeira dosagem. O tempo de validade após a abertura do frasco é de 6h”, orienta a enfermeira.
 
Eliza Ferraz esclarece ainda que, quem tomar a primeira dose de uma vacina, faz-se obrigatória a segunda dose do mesmo laboratório. As vacinas devem ser armazenadas em temperatura de 2 °C a 8 °C . As pessoas que já tomaram ou ainda vão ser imunizadas seguirão o Plano de Vacinação.

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

16/04/2021 • Operação Paz no Campo – Em Rio Crespo Polícia Militar apreende arma de fogo e munições 16/04/2021 • Ariquemes - PMRO APREENDE MAIS DROGAS NA BR 364 16/04/2021 • Mais de 6,5 Kg de cocaína são apreendidos durante Operação Força Integração 2021 em Ariquemes 16/04/2021 • Polícia Militar apreende maconha durante abordagem em Ariquemes 16/04/2021 • Campo Novo de Rondônia receberá R$ 1 milhão em emendas do presidente Alex Redano 10/04/2021 • Comerciante de 67 anos morre após ser espancado durante assalto em Porto Velho 10/04/2021 • Nova Portaria do Governo mantém os 52 municípios do Estado na Fase 1 10/04/2021 • 1º Trimestre: PMRO apreende quase 100 quilos de drogas e desarticula 24 pontos de vendas de drogas na região do Vale do Jamari 10/04/2021 • Ariquemes: Homem armado ameaçava morador e é preso pela PMRO 10/04/2021 • PMRO flagra homem vendendo droga em Ariquemes

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais