Matéria publicada em 18/01/2016 às 01:57:47

Fonte: assessoria

Candeias do Jamari: Polícia Civil e Militar realizam operação na zona rural

 

Nesta sexta-feira (15/01) Polícia Civil e Militar realizaram operação policial na zona rural do município de Candeias do Jamari.

A operação foi comandada pelo Delegado Paulo Kakiones e 1º Tenente Jairo, comandante do pelotão de Candeias de Jamari, com apoio da Força Tática do 5º BPM e duas guarnições do Choque COE, e ensejou na prisão de quatros pessoas, entre elas um foragido da justiça, cujos fatos foram registrados no BO 331/2016-PP.

Os policiais receberam várias denúncias, que homens estavam armados ameaçando os moradores daquela localidade. Mediante tal situação, foi organizada uma ação policial que obteve sucesso em localizar e prender os acusados, Gidevaldo José da Silva, 62 anos, Gleisson Barbosa da Silva, 24, Edson Barbosa da Silva, 21 anos e Vanderlei Nogueira, 55 anos.

Em poder dos suspeitos foram apreendidos cinco espingardas, sendo, duas espingardas calibre 28, uma espingarda calibre 36, duas espingardas calibre 32, vinte e três cartuchos intactos calibre 32, um cartucho calibre 28, três cartuchos calibre 36, lata com espoletas, um pote com chumbo em grãos, um pote com pólvora, um canivete e dois facões.

Ao serem questionados os suspeitos disseram que estavam no local há poucos dias, tendo em vista que suas propriedades estavam ocupadas por invasores e que a justiça havia concedido à posse, sendo reintegrado no dia 11/01/2016. Os suspeitos informaram não ter ciência da denúncia contra eles, porém ao serem questionados pelas armas apreendidas, nenhum deles assumiu a propriedade das armas de fogo.

Durante pesquisa, foi constatado que em desfavor de Vanderlei Nogueira, havia um mandado de prisão em aberto, expedido pela 2º Vara Criminal da Comarca de Ariquemes. O quarteto recebeu voz de prisão e foram encaminhados até a Central de Flagrantes.

Nos interrogatórios os suspeitos entraram em contradição sobre diversos itens, restando provado de imediato a posse das armas de fogo, que estavam ao acesso de todos, assim como a associação criminosa, visto que entre eles havia unidade de desígnios para a consecução de crimes, sendo autuados em flagrante e cumprido o mandado de prisão que estava em aberto.

A investigação também prosseguirá para a apuração em relação a outros possíveis delitos de esbulho possessório, ameaça, constrangimento ilegal, danos, furto de gado, dentre outros.

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

24/04/2019 • PRIMEIROS ATENDIMENTOS: 17ª CIA INF SL presta socorro à vítima de acidente na BR-364 24/04/2019 • TRANSPORTE FLUVIAL: Parecer da PGM é pelo cancelamento do processo licitatório 24/04/2019 • Ex-deputado Nereu demonstra que não participou de esquema e é absolvido no processo da operação dominó 24/04/2019 • Folha paralela: Tribunal de Justiça absolve 7, reduz pena, mas já decidiu pela prisão de 15 ex-deputados estaduais da Redação 23/04/2019 • 7° BPM realiza reuniões preparatórias para reintegrações de posse 23/04/2019 • ARIQUEMES: Polícia Civil esclarece homicídio de “Peixe Nildo” e prende suspeito 23/04/2019 • Família de Ji-Paraná morre vítima de acidente na BR em Mato Grosso 23/04/2019 • Alex Redano recebe homenagem “Amigo da PM” em Ariquemes 23/04/2019 • Morte de ji-paranaenses em trágico acidente gera muita dor e comoção 22/04/2019 • Facilidade: Prefeitura de Ariquemes lança acesso a resultados de exames laboratoriais pela internet

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais