Matéria publicada em 07/04/2016 às 01:02:42

Fonte: assessoria

Caerd esclarece à população de Ariquemes sobre o aspecto enegrecido da água

Caerd esclarece à população de Ariquemes sobre o aspecto enegrecido da água

O diretor Técnico e Operacional da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd), engenheiro Mauro Berberian, apresentou o relatório com os esclarecimentos sobre o aspecto enegrecido da água que abasteceu à população dos Setores 1, 3, 5 e BNH, em Ariquemes.

Conforme o relatório apresentado por Berberian, trata-se da dispersão do elemento antracito - carvão mineral: em meados de janeiro deste ano, houve uma elevação da presença de areia na água bruta da captação do Rio Jamari, promovendo por reação no leito filtrante, a fragmentação desse carvão mineral em grânulos mais finos, que, por sua vez, foram carreados com a água de abastecimento pela adutora que injeta água tratada diretamente na rede de distribuição para aquelas unidades consumidoras dos Setores acima mencionados.

Segundo Eliana Seti, superintendente regional, outros bairros do município foram afetados, em menor proporção. "Os demais bairros da cidade foram afetados em pequenas proporção, uma vez que o carvão mineral sedimentou no fundo do reservatório localizado no Parque Tropical", disse.

"O que aconteceu foi uma ação tempestiva da equipe local da Companhia, que promoveu a descarga de fundo e, assim, eliminou por completo esse material (antracito) depositado no reservatório", informou Mauro Berberian.

Berberian esclareceu que: o antracito (carvão mineral) é um material inerte, sem qualquer efeito tóxico à saúde humana, cuja função é eliminar o cheiro da água quando em contato com material orgânico presente em um rio. 

FILTRAGEM

O Diretor Técnico e Operacional da Caerd já tinha esclarecido a população, logo que os primeiros sinais do antracito surgiram na água. À época, 23 de março, ele declarou que "não se trata de contaminação, porém há a necessidade de tão somente desprezar essa água com aspecto enegrecido, mantendo as torneiras abertas por tempo suficiente até sua eliminação e, para a ingestão, bastasse apenas filtrar".

Eliana Seti destacou que a Superintendência Regional da Caerd, em Ariquemes, tem promovido constantes descargas nas redes. "A equipe local tem efetuado as descargas na redes de distribuição dos bairros atingidos, para eliminar por completo algum material que ainda permaneça", disse.

Ela ressaltou que esta programado para os próximos dias a substituição do leito de outros três filtros, pois a Estação de Tratamento de Água (ETA) possui quatro e apenas um foi substituído. "Comunicaremos à população, prevenindo-a sobre os períodos nos quais serão realizadas as ações de manutenção inerentes à filtragem da água", declarou Eliana Seti. 
-- 
Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

03/08/2018 • ACIA incentiva campanha de doação de sangue 03/08/2018 • ATESTADO 'FANTA': Câmara Municipal de PVH por duas vezes aceita documentos irregulares em licitação 03/08/2018 • PÂNICO: Criminoso armado invade posto de saúde e faz arrastão na zona Sul 03/08/2018 • Prefeitura de Jaru abre trecho de rua e garante acessibilidade a moradores depois de mais de 20 anos de espera 03/08/2018 • Vídeo: Polícia de Rondônia prende suspeito de desaparecimento de três agricultores no Amazonas 03/08/2018 • Ex-chapeiro de fast food que virou engenheiro da Nasa dá palestra motivacional em Rondônia 01/06/2018 • URGENTE: Homem é encontrado morto em vila de apartamentos na zona Sul 01/06/2018 • JARU: Boatos de nova paralisação fomenta outra corrida a postos de combustíveis do município 19/05/2018 • DEFESA: Homem é atacado a golpes de gargalo de garrafa ao agredir mulher 19/05/2018 • TRAGÉDIA: Dois irmãos desaparecem após embarcação naufragar no Rio Mamoré

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais