Matéria publicada em 12/12/2016 às 19:38:14

Fonte: Edmilson Rodrigues

ADOLESCENTE COWBOY MORRE EM ACIDENTE DE MOTO NO PERÍMETRO URBANO DA CIDADE DE TEIXEIRÓPOLIS

Uma fatalidade ceifou a vida do adolescente Dheymison Iure Pires de Oliveira, que
completou 17 anos no último dia 17, após ele cair da motoneta em que viajava e quebrar o
pescoço, a queda ocorreu logo após ele entrar no perímetro urbano da cidade de
Teixeirópolis, em acidente ocorrido na madrugada deste domingo.

O corpo de Iure foi encontrado à margem da rodovia estadual 473 (Linha 31) em frente à obra abandonada do hospital público, estava distante a alguns metros da motoneta Honda C-100 Biz, de cor preta, placa NCR-0020. A Polícia Militar de Teixeirópolis foi comunicada do acidente às 4h40, e os policiais Rossato e Vieira se deslocaram para o local, e preservaram o local do acidente até a chegada da polícia técnica.

Ao lado do corpo de Iure, havia uma bolsa com um capacete de proteção para montaria em rodeio, corda americana e alguns acessórios de cowboy de rodeio; ele retornava de uma competição de montaria na Linha TN-10, na área rural de Urupá. A equipe de plantão do Hospital Municipal Daniel Heringer se deslocou ao local do acidente, porém Iure não apresentava sinais de vida.

O perito da Polícia Civil Marcelo Carlos dos Santos comunicou aos PM’s que não viu sinais de colisão da motoneta de Iure com algum outro veículo, e que provavelmente o condutor teria saído da pista e perdido o controle da direção do veículo, vindo s sofrer uma queda. Após a perícia, o corpo do adolescente foi liberado para a Associação Vida Nova de Ouro Preto, e depois retornou para Teixeirópolis para o velório.

O domingo era para ser de festa para Iure e seus colegas estudantes da Escola Estadual Pioneira, que concluíram o 3º ano do segundo grau na última semana, e iriam neste domingo para o parque aquático do Cacoal Selva Park comemorar o  ㈀m dessa fase dos estudos.

Dheymison Iure morava com os avós Cícero Freire da Silva, lotado no Posto de Saúde da cidade, e Cleici Pires, a dona Nêna, que trabalha na escola estadual onde o neto estudava.

Uma das testemunhas do acidente, o motorista José Carlos Sebastião, da empresa Expresso Urupá, que iria conduzir o ônibus que ia transportar os alunos de Teixeirópolis para Cacoal, falou do sentimento de tristeza que tomou conta dos alunos e sobre a personalidade da vítima: “Era um menino legal demais, calmo, inteligente e trabalhador. O acidente é mesmo uma fatalidade”, lamentou.


Por Edmilson Rodrigues

Comente Pelo Facebook

 

ÚTLIMAS NOTÍCIAS

24/04/2019 • PRIMEIROS ATENDIMENTOS: 17ª CIA INF SL presta socorro à vítima de acidente na BR-364 24/04/2019 • TRANSPORTE FLUVIAL: Parecer da PGM é pelo cancelamento do processo licitatório 24/04/2019 • Ex-deputado Nereu demonstra que não participou de esquema e é absolvido no processo da operação dominó 24/04/2019 • Folha paralela: Tribunal de Justiça absolve 7, reduz pena, mas já decidiu pela prisão de 15 ex-deputados estaduais da Redação 23/04/2019 • 7° BPM realiza reuniões preparatórias para reintegrações de posse 23/04/2019 • ARIQUEMES: Polícia Civil esclarece homicídio de “Peixe Nildo” e prende suspeito 23/04/2019 • Família de Ji-Paraná morre vítima de acidente na BR em Mato Grosso 23/04/2019 • Alex Redano recebe homenagem “Amigo da PM” em Ariquemes 23/04/2019 • Morte de ji-paranaenses em trágico acidente gera muita dor e comoção 22/04/2019 • Facilidade: Prefeitura de Ariquemes lança acesso a resultados de exames laboratoriais pela internet

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a Reporternoticia.com.br

Netmidia - Soluções Digitais